5 de setembro de 2015

Mulher cristã pode usar calça?



_________________________________________________________________

Este capítulo faz parte da obra: “Exegese de Textos Difíceis da Bíblia”, ainda em construção.
_________________________________________________________________


Algumas igrejas pentecostais, como a Assembleia de Deus, decidiram proibir roupas também. Em muito lugar, mulher crente só pode andar de saia, porque “calça é do demônio”. A única “base bíblica” para isso é (adivinhem) mais um trecho da lei de Moisés (que surpresa). Trata-se do texto que diz:

“A mulher não usará roupas de homem, e o homem não usará roupas de mulher, pois o Senhor, o seu Deus, tem aversão por todo aquele que assim procede” (Deuteronômio 22:5)

No entanto, o que este texto está combatendo não tem nada a ver com a calça moderna, mas sim com a prática de se vestir de modo a parecer alguém do sexo oposto. Se isso se aplica aos dias atuais, se aplicaria apenas aos travestis, não às mulheres em geral que usam calça! Sim, há roupas que são tipicamente masculinas (como a cueca) e outras que são tipicamente femininas (como a calcinha), mas a calça em nossa sociedade está muito longe de ser um vestuário “exclusivamente masculino”, exceto para um punhado de pastores fundamentalistas e retrógrados que estacionaram no tempo e que vivem congelados desde o século XIX. A calça é um elemento tão natural a homens e mulheres quanto os óculos ou o tênis. Ninguém identifica uma mulher como um “homem” ou a confunde com um por causa da calça!

Totalmente desnecessário seria acrescentar que não há nada no Novo Testamento que chegue perto de uma proibição insana como o uso de calça para os dias atuais, e que o uso ou não uso de saia não muda absolutamente nada do aspecto interior, mas apenas altera o aspecto externo. Ninguém se torna mais espiritual por usar saia, nem mais pecador por preferir a calça. O que a pessoa é de fato, lá dentro, só Deus conhece. Quando os fariseus estavam muito focados no aspecto externo, cheios de regrinhas disso e daquilo, Jesus lhes disse:

“Ai de vocês, mestres da lei e fariseus, hipócritas! Vocês limpam o exterior do copo e do prato, mas por dentro eles estão cheios de ganância e cobiça. Fariseu cego! Limpe primeiro o interior do copo e do prato, para que o exterior também fique limpo. Ai de vocês, mestres da lei e fariseus, hipócritas! Vocês são como sepulcros caiados: bonitos por fora, mas por dentro estão cheios de ossos e de todo tipo de imundície” (Mateus 23:25-27)

É lógico que deve haver um limite para o uso de roupas. Todos devem concordar que é errado andar pelado por aí, ou seminu, de forma a se tornar uma pedra de tropeço, motivo de escândalo para muitos. No entanto, outros vão para o extremo oposto, e começam a proibir tudo – desde jogos de futebol, estilo de cabelo, televisão, cinema, roupa, música, enfim: tudo aquilo que a Bíblia não proíbe. Eles colocam cargas pesadíssimas nas costas dos fieis que já não teriam uma vida nada fácil se tivessem que lutar apenas contra aquilo que realmente é pecado, e desta forma os atolam em um poço de legalismos sem fim. O jugo acaba ficando tão pesado que nenhum jovem quer mais ir à igreja, até que chega o ponto onde chuta o balde de uma vez e vai para o mundo – o que não aconteceria de forma alguma, caso eles proibissem apenas o que a Bíblia proíbe, e se calassem onde a Bíblia se cala.

Por Cristo e por Seu Reino,
Lucas Banzoli (www.lucasbanzoli.com)

- Siga-me no Facebook para estar por dentro das atualizações!


- Meus livros:

- Veja uma lista completa de livros meus clicando aqui.

- Acesse o meu canal no YouTube clicando aqui.


- Não deixe de acessar meus outros sites:

LucasBanzoli.Com (Um compêndio de todos os meus artigos já escritos)
Apologia Cristã (Artigos de apologética cristã sobre doutrina e moral)
Ateísmo Refutado (Evidências da existência de Deus e da veracidade da Bíblia)
Heresias Católicas (Artigos sobre o Catolicismo Romano)
Desvendando a Lenda (Artigos sobre a Imortalidade da Alma)
Estudando Escatologia (Estudos sobre o Apocalipse)

Um comentário:

  1. A questão toda é a modéstia e a decência. Não muitos anos atrás era proibido a entrada de mulheres com regatas e calças no supremo tribunal, hoje ainda deve usar algum casaco em cima para não expor demais a sensualidade dos ombros, e muitas advogadas e juízas usam saias e vestidos até o joelho por padrão de modéstia e decência no local de maior autoridade do país. Se na Terra com homens mundanos tem essa regra, imagina perante um Deus santo santo santo. A calça revela todos os traços íntimos e as curvas do corpo, trazendo o pecado da cobiça que também é condenada pela bíblia, assim como a sensualidade. "Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus." Romanos 12:1,2 "Que do mesmo modo as mulheres se ataviem em traje honesto, com pudor e modéstia, não com tranças, ou com ouro, ou pérolas, ou vestidos preciosos. Mas (como convém a mulheres que fazem profissão de servir a Deus) com boas obras" (1 Timóteo 2:9-10).
    Grazi Lara

    ResponderExcluir

Atenção: novos comentários estão desativados para este blog, mas você pode deixar um comentário no meu novo blog em qualquer artigo: www.lucasbanzoli.com

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.